Constelacão Familiar – O que é?

O QUE É CONSTELAÇÃO FAMILIAR?
Constelação familiar é uma técnica de terapia breve, de uma única vez. O método foi desenvolvido pelo psicoterapeuta alemão Bert Hellinger, que observando as relações afetivas dentro das famílias, pode perceber que as relações humanas são regidas por três leis naturais, que são chamadas ‘LEIS DO AMOR’, que são; lei da hierarquia (estabelecida pela ordem da chegada), lei do pertencimento (estabelecida pelo vinculo) lei do equilíbrio (estabelecida pelo dar e receber). Quando estas leis não são cumpridas surgem as dificuldades, doenças, vícios etc. Quando se abre uma constelação em grupo (com representantes) ou individual (feita com bonecos), o cliente entra em contato com o campo morfogênico da família, o que Bert Hellinger chama de consciência do grupo familiar ou consciência coletiva, onde fica registrado todos os acontecimentos importantes da família, e assim o terapeuta poderá buscar a dinâmica inconsciente e a solução libertadora. Existem três rituais que levam a esta “libertação” e “equilíbrio” no sistema, possibilitando assim, que o cliente fique livre dos bloqueios e possa seguir o seu próprio destino. Os rituais são: A reverencia, Deitar­-se ao lado dos mortos e A fileira dos antepassados. E também usamos dois tipos de frases de solução, que são frases libertadoras, as que descobrem um vínculo e as que desatam um vínculo de destino. E ao falar estas frases a solução aparece. O campo sistêmico que se abre em uma constelação em grupo, também se abre em uma constelação individual, caminhamos no mesmo sentido fenomenológico. Hoje a constelação familiar já é aceita pelo Poder Judiciário na resolução de conflitos nas esferas cível e criminal, como por exemplo nos casos de direito de família e sucessões. Todos aqueles que participam deste campo, inclusive aqueles que não constelam um tema, são beneficiados, pois o campo funciona em ressonância. Todos temos a chance de descobrir novas possibilidades, insights e caminhos para sua vida.
COMO É MONTADA UMA CONSTELAÇÃO EM GRUPO?
É necessário um grupo de participantes que atuem com representantes dos membros da família do cliente que está sendo constelado, e neste momento momento o cliente entra em contato com a consciência familiar, o que também chamamos de “ alma familiar”, o que possibilita que os representantes mesmo sem conhecer a história do cliente e de sua família, comecem a sentir-­se como as pessoas que estão representando. Experimentam sentimentos, sintomas físicos e até pensamentos.

E COMO É FEITA ESTA IDENTIFICAÇÃO COM UM ANCESTRAL?
Denominamos identificada uma pessoa que, de modo inconsciente tenta imitar ou superar aspectos da vida do ancestral. Segundo a lei do pertencimento, todos devemos pertencer a família, e quando por algum motivo houve uma exclusão de algum membro, outro membro mais jovem se identifica, como se com isso trouxesse novamente o excluído para a família. Esta exclusão ocorre normalmente quando houve um destino difícil, como por exemplo suicídio, morte precoce, aborto, pessoas desaparecidas, vícios, todos os não reconhecidos (amantes, filhos bastardos), adoção, pessoas que largaram o pais de origem, entre vários outros. É importante ressaltar que isso ocorre de modo totalmente inconsciente.
O QUE PODE SER TRABALHADO EM UMA CONSTELAÇÃO?
Conflito familiar, perda financeira, vícios, compulsões, relacionamentos, depressão, insatisfação profissional, problemas de saúde. Podemos trabalhar tudo em constelação.

plugpixel design :: web